E agora…um poema.

Sou o Calvão da Silva
E tenho muito que ensinar
Ontem ninguém me conhecia
Hoje já sou popular

Tive que ir a Albufeira
Mas para castigo meu
Quem acabou por meter água
Fui, de facto, eu

Foi uma lição de vida
Esta que Deus nos deu
Morreu um Sr. Viana
Antes ele do que eu

Quando eu também morrer
Vou para um lugar adequado
Tudo me vai correr bem
Desde que esteja segurado

O seguro é a resposta
Que toda a gente deve ter
Se não o fizeram a tempo
Então ide-vos f…

Porque Deus nem sempre é bom
Apesar de ser perfeito
Se fosse sempre nosso amigo
Nem sequer me tinha eleito

E olhem que eu nasci humilde
Não me tomem por burguês
Eu que vim de Trás-os-Montes
Que é o Darfur português

Para quem não viu…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: